Clareador Cerebral


Sado

Meus melhores textos são vomitados na tela do computador. Inspiração que surge do alem, me faz acordar e sentar aqui; expelindo cada palavra da minha mente, é como se fosse um orgasmo que me fizesse explodir de idéias. O nada. Agora eu pergunto, como um seriado pode me fazer levantar do sofá, onde a sonolência batia e escrever igual a uma louca?

“Sex and the city” é autobiografia feminina. É a psicologia inconstante do cérebro das mulheres. Sim, nós somos auto-sádicas. Como isso pode acontecer, não sei! Mas somos, e o que podemos fazer?

Reflita comigo: Sou uma mulher de 22 anos, trabalho, sonho em ter uma filha. Sou uma artista, sou uma atriz, sou uma aspirante a algo como dramaturga-escritora-jornalista autobiográfica e sou louca. Alem de ser tudo isso, sou apaixonada por um cara. Este mesmo é o amor da minha vida. Eu sou o amor da vida dele. Para quê procurar pêlo em ovo se a felicidade está diante do meu nariz?

Por esses e outros motivos digo que gostamos de sofrer. E somos viciadas em sofrimento como se isso nos desce forças para seguir. Como se ser triste fosse o último dos motivos de viver, ou como se só isso nos desce alguma “substância” que nos mantém vivas. Meninas, precisamos parar com esse vício! Chega! Sofrer é uma coisa, gostar de sofrer é outra.

A mulher com uma dor é muito menos elegante caro Leminski. Não temos a classe de um poeta sofredor. A linda Fernanda Porto perdeu o rebolado perto de Chico Buarque e se entregou como fã. Somos assim, a inconstância do mundo, o pólo negativo do equilíbrio. Assistir ao seriado é como me olhar no espelho, mas numa Nova Iorque e com alguns anos a mais, mas também é entender que a cada dor que sentimos amadurecemos. A vida não é um seriado, muito menos um filme, mas podemos roteirizar o nosso destino, tirando quem queremos das nossas vidas, menos quem realmente está pré-destinado por Deus ou uma força maior. Talvez tenha feito agora minhas algumas palavras ditas pelo Fubah, mas realmente deixamos fazer da nossa vida o que queremos.

Meu amigo e chefinho Lucas, certa vez me disse que temos total controle da nossa vida. Concordo parcialmente com isso, mas está além. É como se pudéssemos assistir tudo através de uma lente inédita... Somos os guias das nossas vidas não? Mas não prevemos trânsito e obstáculos. Somos quem queremos ser. Somos o que está na nossa cabeça, mas a realidade, não sabemos o que é! Na minha cabeça hoje sou somente Mariana Perin. Esqueçam Mariana da Motta Perin ou Mari, ou Perinha... sou apenas quem sou de verdade, numa noite fria, constipada, descabelada.



 Escrito por Mariana Perin às 23h21
[   ]




Para não deixar o domingo em branco:

Hoje peguei o meu carro e fui fazer tcc na casa da Bruna. Fomos decidir a trilha sonora e escolher as poesias, entrou uma da Hilda Hilst no tato, e é claro que amei! Mas logo no caminho, escutando um cd que fiz pro Fubah no ano passado e estava no meu automóvel, me deu uma vontade de chorar – de alegria. Estou com muito orgulho do meu vídeo, aliás, do vídeo da RosaChoque produções.

 

“Estamos salvos

 Estamos vivos”

 

A música, um jazz a la chill out maravilhoso, que me fez pensar e repensar nos meus últimos quatro anos acadêmicos. Fazer arte é lindo e compensa! Hoje, o post é para agradecer as pessoas que fizeram parte dessa conquista toda: As quatro mulheres que me acompanham nessa jornada – Bru, Tati, Nathy e Maysa; Fubah, pela força e inspiração; aos meus pais, a minha irmã, aos meus livros, minha linda avó, meu amigos, meus colegas, minha gata Lupita, Camila querida que ficou muitas vezes sem suas amigas; Ao Renato PC, que caiu do céu, e caimos do céu pra ele também; aos viajantes que nos deram coragem de iniciar essa jornada e aos inimigos sonhadores que rogaram pela nossa destruição.

 

Só sentir faz sentido meus leitores! Pequeno post, mas de verdade!

 



 Escrito por Mariana Perin às 20h29
[   ]





 



M.P
BRASIL,
Histórico
  16/05/2010 a 22/05/2010
  07/02/2010 a 13/02/2010
  20/12/2009 a 26/12/2009
  22/11/2009 a 28/11/2009
  13/09/2009 a 19/09/2009
  16/08/2009 a 22/08/2009
  09/08/2009 a 15/08/2009
  26/07/2009 a 01/08/2009
  19/07/2009 a 25/07/2009
  05/07/2009 a 11/07/2009
  28/06/2009 a 04/07/2009
  21/06/2009 a 27/06/2009
  25/01/2009 a 31/01/2009
  11/01/2009 a 17/01/2009
  30/11/2008 a 06/12/2008
  23/11/2008 a 29/11/2008
  16/11/2008 a 22/11/2008
  13/07/2008 a 19/07/2008
  22/06/2008 a 28/06/2008
  18/05/2008 a 24/05/2008
  20/04/2008 a 26/04/2008
  03/02/2008 a 09/02/2008
  13/01/2008 a 19/01/2008
  02/12/2007 a 08/12/2007
  18/11/2007 a 24/11/2007
  21/10/2007 a 27/10/2007
  07/10/2007 a 13/10/2007
  30/09/2007 a 06/10/2007
  09/09/2007 a 15/09/2007
  26/08/2007 a 01/09/2007
  19/08/2007 a 25/08/2007
  12/08/2007 a 18/08/2007
  29/07/2007 a 04/08/2007
  22/07/2007 a 28/07/2007
  15/07/2007 a 21/07/2007
  08/07/2007 a 14/07/2007
  24/06/2007 a 30/06/2007
  10/06/2007 a 16/06/2007
  03/06/2007 a 09/06/2007
  27/05/2007 a 02/06/2007
  13/05/2007 a 19/05/2007
  06/05/2007 a 12/05/2007
  22/04/2007 a 28/04/2007
  08/04/2007 a 14/04/2007
  01/04/2007 a 07/04/2007
  25/03/2007 a 31/03/2007
  18/03/2007 a 24/03/2007
  11/03/2007 a 17/03/2007
  04/03/2007 a 10/03/2007
  25/02/2007 a 03/03/2007
  18/02/2007 a 24/02/2007
  11/02/2007 a 17/02/2007
  04/02/2007 a 10/02/2007
  28/01/2007 a 03/02/2007
  21/01/2007 a 27/01/2007
  14/01/2007 a 20/01/2007
  07/01/2007 a 13/01/2007
  31/12/2006 a 06/01/2007
  24/12/2006 a 30/12/2006
  10/12/2006 a 16/12/2006
  26/11/2006 a 02/12/2006
  12/11/2006 a 18/11/2006
  29/10/2006 a 04/11/2006
  22/10/2006 a 28/10/2006
  15/10/2006 a 21/10/2006
  30/07/2006 a 05/08/2006
  23/07/2006 a 29/07/2006
  16/07/2006 a 22/07/2006
  09/07/2006 a 15/07/2006
  02/07/2006 a 08/07/2006
  11/09/2005 a 17/09/2005
  28/08/2005 a 03/09/2005
  07/08/2005 a 13/08/2005
  31/07/2005 a 06/08/2005
  24/07/2005 a 30/07/2005
  17/07/2005 a 23/07/2005
  12/06/2005 a 18/06/2005
  05/06/2005 a 11/06/2005
  29/05/2005 a 04/06/2005
  22/05/2005 a 28/05/2005
  15/05/2005 a 21/05/2005
  08/05/2005 a 14/05/2005
  01/05/2005 a 07/05/2005
  24/04/2005 a 30/04/2005
  17/04/2005 a 23/04/2005
  03/04/2005 a 09/04/2005
  27/03/2005 a 02/04/2005
  20/03/2005 a 26/03/2005
  13/03/2005 a 19/03/2005
  06/03/2005 a 12/03/2005
  27/02/2005 a 05/03/2005
  20/02/2005 a 26/02/2005
  13/02/2005 a 19/02/2005
  06/02/2005 a 12/02/2005
  30/01/2005 a 05/02/2005
  23/01/2005 a 29/01/2005
  16/01/2005 a 22/01/2005
  09/01/2005 a 15/01/2005
  02/01/2005 a 08/01/2005
  26/12/2004 a 01/01/2005
  19/12/2004 a 25/12/2004
  12/12/2004 a 18/12/2004
  05/12/2004 a 11/12/2004
  21/11/2004 a 27/11/2004
  14/11/2004 a 20/11/2004
  07/11/2004 a 13/11/2004
  31/10/2004 a 06/11/2004
  24/10/2004 a 30/10/2004
  17/10/2004 a 23/10/2004
  10/10/2004 a 16/10/2004
  03/10/2004 a 09/10/2004
  26/09/2004 a 02/10/2004
  12/09/2004 a 18/09/2004
  05/09/2004 a 11/09/2004
  29/08/2004 a 04/09/2004
  22/08/2004 a 28/08/2004
  15/08/2004 a 21/08/2004
  08/08/2004 a 14/08/2004
  01/08/2004 a 07/08/2004
  18/07/2004 a 24/07/2004
  11/07/2004 a 17/07/2004
  04/07/2004 a 10/07/2004
  27/06/2004 a 03/07/2004
  20/06/2004 a 26/06/2004
  13/06/2004 a 19/06/2004
  06/06/2004 a 12/06/2004
  30/05/2004 a 05/06/2004
  23/05/2004 a 29/05/2004
  09/05/2004 a 15/05/2004


Meus Links
  Clube da des(Conquista)
  Chorumelos (um blog com perspectiva totalmente masculina!)
  Deposito de Neuras
  Mulher o Suficiente
  Anônimo Incógnito - Diálogos Insanos
  Volume I
  P2B
  Um duelo - eu e ela.
  Nana Yazbek
  Leu porque quis
  Tchutchubiruba
  Caraqteres
  Cultura Pop by Lady O.
  Berenice disse