Clareador Cerebral


Planos que começam hoje. Acho que os escrevi para tentar ser mais regrada!

Começa hoje e termina sábado que vem!

 

Fun House numa noite "ímpar"

Ir numa exposição de pop arte

Falar com amigas antigas

Matar a saudade

Trabalhar no domingo

Assistir Batman e relaxar um pouco de filmes pseudo-cults

Ir ao show dos Los Hermanos de grátis

Pegar meu diploma na faculdade

Fazer as unhas dos pés e das mãos

Ler mais

Boom Boom na Fun House

Arraia das ferozas

 

Ui!

 

Mariana Perin



 Escrito por Clareador Cerebral às 19h11
[   ]




Nervosismo

Andy Warhol e sua exposição no Brasil.

Isso me deixa nervosa!

Amo pop arte!

Me lembra o só sentir faz sentido. Quer ir?

 

Mariana Perin



 Escrito por Clareador Cerebral às 07h44
[   ]




Freud explica

Acabei de sair de um banho gostoso. Daqueles que lavam até a nossa alma. Lavei o cabelo duas vezes e enxagüei como se fosse meu último banho. Pensei no meu dia tumultuado e nas pessoas que vieram em meu pensamento. Saudades? Pode ser. Mas na verdade, me julguei nostálgica, madura e feliz.

Lembrei de pessoas do meu passado e conversei horrores hoje com pessoas que amo. Conversei com alguém sobre a vida a dois e sobre a insegurança de ser parte de dois, isso quer dizer, ser a porção feminina de um casal. Reflexão pós dia dos malhumorados, ops, quer dizer, namorados? Não, apenas mais uma reflexão.

Aqui em casa as coisas sempre foram às claras. Não sei se vocês sabem, mas moramos em três mulheres, uma fêmea e um macho recém chegado. Até bem pouco tempo atrás, havia overdose de progesterona no meu lar. Volto ao ponto – aqui sempre foi preto no branco e tudo sempre foi de verdade, pelo menos a cumplicidade dessas três mulheres. Minha mãe, mesmo famosa nesse blog, não é perfeita. Tem defeitos para dar e vender, mas é a minha Mãe. Ela, pelo menos, nunca nos fez enxergar que a vida é um conto de fadas, que temos que ralar muito, damos valor às artes e ao dinheiro e damos valor às relações. Como assim? Bom, as relações amorosas não são tabus por aqui. Aqui, traição e sexo são assuntos freqüentes no jantar e risos ao ver que aprendemos muito uma com a outra.

Eu sou a mais conservadora emocionalmente. Prefiro não me arriscar e ainda arrisco a fidelidade. Não significa que sempre foi assim. Aqui em casa, monogamia não é pregada mesmo, e ouso me expor ao dizer que nem sempre fui monogâmica. Com qual das histórias de amor? Não direi, isso é meu e só meu, mas tinha que me declarar culpada. Mas de que?

É tema dos meus filmes favoritos e livros favoritos. Lembrei dos julgamentos primários aos 15 anos, de quando saia pregando que “quem ama não trai”. Será? Dia desses meu namorado assumiu ter vontade de ficar com outras pessoas – aí fui descobrindo coisas ali e acolá. No final, quase brigamos! E ele, para ficar comigo, teve que esquecer essa história. Às vezes é melhor não sabermos de algumas coisas, pois é um estupro emocional. Vou contar uma historinha... Ele transou com um casinho dele logo depois de voltarmos. Foi uma despedida e eu entendi, pois também passei a noite (mas não fui para a cama) com um casinho meu, também como despedida. Eu entendi, lógico! Mas isso não é uma coisa saudável para se saber. Ele odeia ouvir sobre a minha vida, pois se sente totalmente paranóico imaginando outro tocando em mim.

Apaixonei-me por um cara uma vez. Uma paixão boba, claro! Mas com essa paixão descobri o respeito sobre mim e sobre os meus limites. A verdade dói. Não é fácil ver o que supostamente é (ou era) seu com outra pessoa. Um amigo meu sofre por causa de uma paixão assim, às escuras. Minha irmã terminou um relacionamento de anos e se jogou numa paixão. Minha mãe e meu pai também viveram paixões – e se magoaram horrores. Pra que então a verdade?

É a matrix dos relacionamentos. Tomar a pílula vermelha ou a azul? Saber a realidade ou manter sua vidinha do jeito que é. O Orkut também vem entregando algumas “ferocidades” do mundo a dois. Posso contar em duas mãos a quantidade de relacionamentos desmanchados por causa das deduções e escancarações daquilo. Como algo virtual pode desenvolver sentimentos tão baixos? Digamos assim, o Kut Kut é o detetive particular do mundo moderno.

E se você trair, não se culpe! Culpe o mundo moderno, culpe o amor, culpe Freud, culpe seus pais, culpe o filme “Perto Demais”, culpe alguém. Culpe o traído, mas não se culpe.

Tudo isso pra dizer que ando desiludida, mas ainda amo. Com altos e baixos, com assuntos sérios e outros relevantes. Mas aqui estou, abrindo mais um pouquinho de mim. E nem venha dar em cima do meu namorildo que eu mato! (risos)

 

Mariana Perin



 Escrito por Clareador Cerebral às 20h19
[   ]





 



M.P
BRASIL,
Histórico
  16/05/2010 a 22/05/2010
  07/02/2010 a 13/02/2010
  20/12/2009 a 26/12/2009
  22/11/2009 a 28/11/2009
  13/09/2009 a 19/09/2009
  16/08/2009 a 22/08/2009
  09/08/2009 a 15/08/2009
  26/07/2009 a 01/08/2009
  19/07/2009 a 25/07/2009
  05/07/2009 a 11/07/2009
  28/06/2009 a 04/07/2009
  21/06/2009 a 27/06/2009
  25/01/2009 a 31/01/2009
  11/01/2009 a 17/01/2009
  30/11/2008 a 06/12/2008
  23/11/2008 a 29/11/2008
  16/11/2008 a 22/11/2008
  13/07/2008 a 19/07/2008
  22/06/2008 a 28/06/2008
  18/05/2008 a 24/05/2008
  20/04/2008 a 26/04/2008
  03/02/2008 a 09/02/2008
  13/01/2008 a 19/01/2008
  02/12/2007 a 08/12/2007
  18/11/2007 a 24/11/2007
  21/10/2007 a 27/10/2007
  07/10/2007 a 13/10/2007
  30/09/2007 a 06/10/2007
  09/09/2007 a 15/09/2007
  26/08/2007 a 01/09/2007
  19/08/2007 a 25/08/2007
  12/08/2007 a 18/08/2007
  29/07/2007 a 04/08/2007
  22/07/2007 a 28/07/2007
  15/07/2007 a 21/07/2007
  08/07/2007 a 14/07/2007
  24/06/2007 a 30/06/2007
  10/06/2007 a 16/06/2007
  03/06/2007 a 09/06/2007
  27/05/2007 a 02/06/2007
  13/05/2007 a 19/05/2007
  06/05/2007 a 12/05/2007
  22/04/2007 a 28/04/2007
  08/04/2007 a 14/04/2007
  01/04/2007 a 07/04/2007
  25/03/2007 a 31/03/2007
  18/03/2007 a 24/03/2007
  11/03/2007 a 17/03/2007
  04/03/2007 a 10/03/2007
  25/02/2007 a 03/03/2007
  18/02/2007 a 24/02/2007
  11/02/2007 a 17/02/2007
  04/02/2007 a 10/02/2007
  28/01/2007 a 03/02/2007
  21/01/2007 a 27/01/2007
  14/01/2007 a 20/01/2007
  07/01/2007 a 13/01/2007
  31/12/2006 a 06/01/2007
  24/12/2006 a 30/12/2006
  10/12/2006 a 16/12/2006
  26/11/2006 a 02/12/2006
  12/11/2006 a 18/11/2006
  29/10/2006 a 04/11/2006
  22/10/2006 a 28/10/2006
  15/10/2006 a 21/10/2006
  30/07/2006 a 05/08/2006
  23/07/2006 a 29/07/2006
  16/07/2006 a 22/07/2006
  09/07/2006 a 15/07/2006
  02/07/2006 a 08/07/2006
  11/09/2005 a 17/09/2005
  28/08/2005 a 03/09/2005
  07/08/2005 a 13/08/2005
  31/07/2005 a 06/08/2005
  24/07/2005 a 30/07/2005
  17/07/2005 a 23/07/2005
  12/06/2005 a 18/06/2005
  05/06/2005 a 11/06/2005
  29/05/2005 a 04/06/2005
  22/05/2005 a 28/05/2005
  15/05/2005 a 21/05/2005
  08/05/2005 a 14/05/2005
  01/05/2005 a 07/05/2005
  24/04/2005 a 30/04/2005
  17/04/2005 a 23/04/2005
  03/04/2005 a 09/04/2005
  27/03/2005 a 02/04/2005
  20/03/2005 a 26/03/2005
  13/03/2005 a 19/03/2005
  06/03/2005 a 12/03/2005
  27/02/2005 a 05/03/2005
  20/02/2005 a 26/02/2005
  13/02/2005 a 19/02/2005
  06/02/2005 a 12/02/2005
  30/01/2005 a 05/02/2005
  23/01/2005 a 29/01/2005
  16/01/2005 a 22/01/2005
  09/01/2005 a 15/01/2005
  02/01/2005 a 08/01/2005
  26/12/2004 a 01/01/2005
  19/12/2004 a 25/12/2004
  12/12/2004 a 18/12/2004
  05/12/2004 a 11/12/2004
  21/11/2004 a 27/11/2004
  14/11/2004 a 20/11/2004
  07/11/2004 a 13/11/2004
  31/10/2004 a 06/11/2004
  24/10/2004 a 30/10/2004
  17/10/2004 a 23/10/2004
  10/10/2004 a 16/10/2004
  03/10/2004 a 09/10/2004
  26/09/2004 a 02/10/2004
  12/09/2004 a 18/09/2004
  05/09/2004 a 11/09/2004
  29/08/2004 a 04/09/2004
  22/08/2004 a 28/08/2004
  15/08/2004 a 21/08/2004
  08/08/2004 a 14/08/2004
  01/08/2004 a 07/08/2004
  18/07/2004 a 24/07/2004
  11/07/2004 a 17/07/2004
  04/07/2004 a 10/07/2004
  27/06/2004 a 03/07/2004
  20/06/2004 a 26/06/2004
  13/06/2004 a 19/06/2004
  06/06/2004 a 12/06/2004
  30/05/2004 a 05/06/2004
  23/05/2004 a 29/05/2004
  09/05/2004 a 15/05/2004


Meus Links
  Clube da des(Conquista)
  Chorumelos (um blog com perspectiva totalmente masculina!)
  Deposito de Neuras
  Mulher o Suficiente
  Anônimo Incógnito - Diálogos Insanos
  Volume I
  P2B
  Um duelo - eu e ela.
  Nana Yazbek
  Leu porque quis
  Tchutchubiruba
  Caraqteres
  Cultura Pop by Lady O.
  Berenice disse